HOSPITAIS ASSINAM CONVÊNIOS PARA RECEBER RECURSOS DA CONSULTA POPULAR 2015/2016

O Secretário da Saúde, João Gabbardo e o Secretário do Planejamento, José Reovaldo Oltramari assinam convênios com os hospitais

O Secretário da Saúde, João Gabbardo e o Secretário do Planejamento, José Reovaldo Oltramari assinam convênios com os hospitais – Foto: Arthur Ruschel/Ascom-Seplan

O secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, e o secretário do Planejamento, José Reovaldo Oltramari, assinaram nesta terça-feira (8) convênios com hospitais do Estado referentes aos investimentos eleitos pela população na Consulta Popular 2015/2016.

Por determinação do governo do Estado, em parceria com a Secretaria do Planejamento e acordado com os Conselhos Regionais de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Coredes), ficou estabelecido que os recursos financeiros de todos os pleitos da Consulta Popular 2015/2016 devem ser encaminhados neste ano. São 169 processos aptos a receber recursos que incluem investimentos em reformas e aquisição de equipamentos para unidades básicas de saúde (UBS) e hospitais, e para a aquisição de ambulâncias e veículos leves.

Foram pagos antes da vedação da lei eleitoral 77 processos de municípios, totalizando R$ 5,3 milhões. Das demais demandas, 64 estão aptas para pagamento, somando R$ 7, 2 milhões, sendo 40 para prefeituras municipais (R$ 4,9 milhões) e 24 referentes a convênios com instituições hospitalares(R$ 2,3 milhões). Há processos ainda em tramitação.

Confira as 24 instituições hospitalares aptas a receber os recursos e que tiveram os convênios assinados. Na maior parte das cidades os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos hospitalares:

Arroio do Meio – Hospital São José – R$ 64 mil
Cachoeira do Sul – Hospital Caridade – R$ 151 mil
Campina das Missões – Associação Hospitalar Padre Benedito Meister – R$ 65 mil (aquisição de elevador)
Carazinho – Hospital Caridade – R$ 190 mil
Dois Lajeados – Hospital de Caridade São Roque – R$ 28 mil
Encantado – Hospital Beneficente Santa Terezinha – R$ 26,7 mil
Estrela – Hospital Estrela – R$ 69 mil
Ijuí – Hospital de Caridade de Ijuí – R$ 318 mil (reforma hospitalar)
Iraí – Sociedade Hospitalar Nossa Senhora Auxiliadora – R$ 18 mil
Lajeado – Hospital Bruno Born – R$ 108,7 mil
Marau – Hospital Cristo Redentor – R$ 190 mil
Nonoai – Hospital Comunitário e Beneficente Nonoai – R$ 90 mil
Palmitinho – Hospital Santa Terezinha – R$ 18 mil (para subestação)
Passo Fundo – Hospital da cidade – R$ 190 mil (reforma hospitalar)
Planalto – Hospital Medianeira – R$ 18 mil
Progresso – O Hospital Santa Izabel – R$ 36 mil
Rodeio Bonito- Associação Hospital São José – R$ 90 mil
São Francisco de Assis – Hospital Santo Antônio – R$ 142,7 mil
São Sebastião do Caí – Hospital Sagrada Família – R$ 69 mil
Santa Cruz do Sul – Hospital Santa Cruz – R$ 133,6 mil
Santo Augusto – Associação Hospitalar Bom Pastor – R$ 114 mil
São Jerônimo – Hospital São Jerônimo – R$ 60 mil
Seberi – Fundação Hospital Pio XII – R$ 18 mil
Tenente Portela – Hospital Santo Antônio – R$ 114 mil

Texto: Ascom/SES

Publicado em: